Fabi
BRASIL, Sudeste, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese, Italian, Livros, Viagens, Escrever ^.~
MSN -


Dragões De Éter

Create your own banner at mybannermaker.com!



Histórico:

- 15/08/2010 a 21/08/2010
- 08/08/2010 a 14/08/2010
- 01/08/2010 a 07/08/2010
- 27/06/2010 a 03/07/2010
- 16/05/2010 a 22/05/2010
- 02/05/2010 a 08/05/2010
- 25/04/2010 a 01/05/2010
- 28/03/2010 a 03/04/2010
- 21/03/2010 a 27/03/2010
- 14/03/2010 a 20/03/2010
- 07/03/2010 a 13/03/2010
- 28/02/2010 a 06/03/2010
- 24/01/2010 a 30/01/2010
- 09/08/2009 a 15/08/2009
- 02/08/2009 a 08/08/2009
- 26/07/2009 a 01/08/2009



Outros sites:

- Blog da Biazinha
- Blog da Nara


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:

Template:
Biazinha

Código html:
Cristiny On Line



Dragões de Éter! (livros que li...)

Lembram das historinhas que seus pais costumavam ler para você antes de dormir?

Lembra dos personagens?

João e Maria

Chapeuzinho Vermelho

Branca de Neve

Bela e a Fera

Robin Hood

.

.

.

Pois é...

E viveram felizes para sempre!

Será??

Já chegou a pensar: "e se...?"

Já imaginou o que poderia ter acontecido com os protagonistas dessas histórias?

Esqueça Sherek! Esqueça o que já leu e assistiu...

Visualize:

- A vida continua...

- E todos se conhecem de alguma forma...

- Joãozinho e Chapeuzinho - João Hanson e Ariane Narin...

- Maria e Axel - Maria Hanson e Axel Branford (o novo princípe do mundo fantástico)...

- Bruxas!

- Reinos!

- Caçadores!

- Traumas!

- Intrigas!

- Batalhas!

- Mortes!

- Beijos e suspiros!

- Gerações!

- Lágrimas!

Não vou escrever mais do que isso...

Se já leu Neil Gaiman, precisa ler Raphael Dracco!

Confira com seus próprios olhos esta impressionante obra literária!

E prepare-se!

o sonho que uma vez tive...

aquilo que imaginei desde criança...

agora ele retratou nas páginas de um livro...

Beijos a todos =****



- Postado por: Fabi às 03:00:31 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Barrigadaaaaaaaa \o/

Olha...

Eu já vi muita gente dar barrigada na água quando dá um salto para piscina/lago/afins...

Eu sempre faço cara de dor nesses momentos, afinal, quem já passou por isso, sabe que arde!

Contudo, eu só consegui rir com esse vídeo!

Apesar da barrigada canina... Eu achei super fofo o cãozinho pulando para pegar a bola.

Só fiquei com pena por causa dos donos crueis que o fazem saltar o tempo todo...

Mas tudo bem... É por uma boa causa...

Se não fossem crueis, eu não veria o cãozinho fazer isso XD

Beijos a todos =****



- Postado por: Fabi às 01:59:38 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Um, pedacinho para ver se dá vontade...

Livro: Um novo Mundo

- É que eu... - mas antes que ela pudesse terminar de responder, um dos "capangas" de Lucius se aproximou do local onde estavam escondidos. E por puro reflexo, Kayra prendeu a respiração, colocou uma das mãos sobre a boca de Lantis e aproximou mais o seu corpo ao dele, tentando se infiltrar mais nas sombras e evitar que aquele gorila a visse.

Seus corpos estavam próximos demais. Um podia sentir o ritmo do coração do outro. Kayra sentiu o subir e descer descompassado do peito de Lantis e finalmente percebeu o quão próximo eles estavam. Naquele momento os olhares dos dois se cruzaram. Lantis a olhava com ternura nos olhos e ela sentia um calor imenso alastrar-se dentro de si mais uma vez.



- Postado por: Fabi às 06:39:13 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Um pedacinho para ver se dá vontade...

Livro: As Guardiãs da Fênix. O Começo!


 

Lilith e Elyandro pararam de encarar a mãe e passaram a observar o lago. Por alguns segundos, nada de diferente havia acontecido. Contudo, quando a primogênita da família foi abrir a boca para comentar o “nada” que estava acontecendo, ela ouviu o irmão dar um sibilo baixo de surpresa e voltou a prestar atenção na água. No momento que Lilith focalizou melhor o cabelo boiando, ela viu um brilho vir do fundo do lago para a superfície, indo em direção ao fio. A garota se agachou para ver melhor e viu uma garra, cheia de escamas em forma de plaquetas, surgir de dentro da água e agarrar o fino cabelo.

 



- Postado por: Fabi às 06:12:56 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Um pedacinho para ver se dá vontade...

Livro: A Protegida e o Príncipe

(desculpem, erro de digitação na foto)

Como toda aquela confusão havia se voltado contra ela? Sempre se envolvia de impulso e agora iria pagar pela atitude impensada. Ao menos o jovem forasteiro estaria a salvo se ele aproveitasse a oportunidade para fugir. Katherine fechou os olhos, se preparando para a morte fria que a esperava. No entanto, o corte não lhe atingiu o pescoço. Ao invés de sentir a ferida, a garota ouviu o som agudo de lâminas se chocando. Abriu os olhos assustada e viu a espada do forasteiro bloquear o caminho da do senhor Ian.



- Postado por: Fabi às 05:43:53 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Quando ver... (parte 3)

Vamos lá...

Mais um intensivão!

Tradução:"Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Cague tijolo quando você ver isso... Outra foto de myspace que dá errado."

(gente, traduzi essa beeeeem porcamente,

porque acredito estar faltando uma palavra para a frase fazer sentido)

Tradução: "Quando você ver... Tijolos serão cagados"

Tradução: "Atrapalhando a mente. Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Quando você ver, cagará tijolo"

Tradução: "Quando você ver... Oh, você sabe o que fará!"

Tradução: "Quando você ver, cagará tijolo"

Tradução: "Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Quando você ver, tijolos deverão ser cagados"

Tradução: "Atrapalhando a mente. Quando você ver,cagará tijolos"

Tradução: Atrapalhando a mente. Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Atrapalhando a mente. Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Quando você ver, tijolos serão cagados"

Tradução: tá aí! XD

Tradução: "Quando você ver, tijolos serão cagados"

 

Revelações:

1. Tem um rapazinho negro entre os pilares brancos.

2. Através do reflexo no espelho, você consegue ver o cachorro

bebendo água da privada.

3. Você consegue ver um golfinho na rosa.

4. Há um volume suspeito sob a saia do treco vestido de rosa.

5. Perto da parede azul, de baixo da bola (grande) verde-água,

você verá dois olhinhos.

6. A lateral direita da rocha em que estão em cima + a paisagem

logo a baixo = o rosto de uma mulher.

7. No canto direito da foto, ao lado da ultima caixa empilhada, tem

o rosto de um palhaço assassino.

8. Se olhar atentamente, verá que as pessoas da foto formam

várias posições impróprias.

9. Canto superior direito, no meio da escuridão, há um homem de terno.

10. As pernas das duas amigas dão a impressão de ser apenas

um par de pernas aberto.

11. No canto esquerdo dá para ver um moleque sinistro

correndo na direção da garota.

12. Na mobilia tem um rosto.

13. A mancha branca no focinho do cavalo forma a silhueta de uma mulher.

14. O que parece ser o braço absurdamente peludo da loira, na verdade,

é a perna de um rapaz sentado perto dela.

15. No canto esquerdo, você verá o homem de lata. E no canto direito,

você poderá ver o C-3PO de Star Wars.


Beijos a todos =****



- Postado por: Fabi às 06:01:24 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Quando ver... (parte 2)

Já treinaram bem?

Prontos para mais uma rodada?

Aí vai:

Tradução: "Atrapalhando a mente. Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Atrapalhando a mente. Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Cague tijolo quando você ver isso..."

Tradução: "Ciladas! Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Atrapalhando a mente. Quando você ver..."

Tradução: "Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Quando você ver, cagará tijolo"

Tradução: "Atrapalhando a mente. Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Cague tijolo quando você ver isso..."

Tradução: "Cagando tijolos! Você fará isso quando ver!"

Tradução: "Atrapalhando a mente. Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: já está aí XD

Tradução: também já está aí XD

Tradução: "Jogos da mente. Quando você ver, cagará tijolos!"

 

Revelações:

1. A sombra de um T-Rex na nevoa.

2. As Torres Gêmeas.

3. O Ligth de Death Note (um anime japonês) encostado no poste.

(quem não conhece o personagem, é só procurar uma foto dele na internet e

depois comparar com o cara da foto)

4. Falta a sombra do cheque.

5. Há um volume suspeito na calcinha da "garota".

6. Repare na caixa de madeira, as madeiras que a compõe geram uma ilusão de ótica.

7. Há um negro na foto. É a segunda pessoa abaixada.

8. Há um rosto no fundo da foto (praticamente no meio).

9. No vidro aparenta ter o reflexo de outro cão encarando

o cãozinho dentro do carro.

10. Parece ter um rosto na cabeceira da cama.

11. Há um lobo na trilha.

12. Há um alienigena no lado esquerdo da foto.

13. Aparentemente a garota tem 6 dedos, pois, sem o dedão,

ela já tem 5 dedos expostos.

14. Há uma mulher no lado direito da foto.

15. Essa é para sacanear! XD

Beijos a todos =****

 

 

 



- Postado por: Fabi às 04:30:40 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Quando ver... (parte 1)

Essas fotos possuem detalhes interessantes...

Procurem por eles, hehe...

Tradução: "Tijolos serão cagados quando você ver isso"

(na verdade, tá no singular, mas, no português, achei mais agradável gramaticalmente e semanticamente se colocado no plural)

Tradução: "Quando você ver, perceberá que possui uma mente suja"

Tradução: "Atrapalhando a mente. Quando você ver, cagará tijolos"

(fui simpática na tradução de MINDFUCK)

Tradução: "Quando você ver, cagará tijolo"

Tradução: "Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Quando você ver, cagar... OH MEU DEUS, QUE PORCARIA É ESSA?"

(peguei leve na tradução do WTF... XP... Crianças podem ler esse post)

Tradução: "Atrapalhando a mente. Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Quando você ver, cagará tijolo"

Tradução: "Atrapalhando a mentes. Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Atrapalhando a mente. Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Quando ver, talvez você rirá um pouco"

Tradução: "Atrapalhando a mente. Quando você ver, cagará tijolos"

Tradução: "Quando você ver..."

Tradução: "Quando você ver, cagará tijolo"

 

Revelações:

1. Tem um cara vestido de Ku Klux Klan (um grupo racista) na arquibancada.

2. De primeira, você poderá pensar que é o bumbum da moça que está de costas.

Mas, na verdade, é o braço da que está batendo a foto.

3. A água parece ter o formato de um corpo humano.

4. e olhar bem, há várias pessoas em posições obscenas por toda a foto.

5. Há um negro junto com os três colegas brancos.

6. A família está sentada sobre uma pessoa.

Repare nos olhos que estão de baixo da mulher da direita.

7. O lugar onde eles estão apoiados não é a parede, mas o chão.

8. Há um cara do lado de fora da janela.

9. Se juntar a montanha com o reflexo da própria na água,

você verá a imagem de uma mulher e uma criança rezando.

(eu aconselho a inclinar a cabeça para a esquerda).

10. Há uma coitada pega de surpresa no canto inferior esquerdo da foto.

11. Tem um corpo boiando na água (e ninguém repara nele).

12. O espaço vazio entre os dois homens tem

o formato de um órgão genital masculino.

13. O rosto de uma criança aparece no corrimão da escada.

14. Aparentemente há uma mão sem corpo

(repare nos braços da mulher de azul).

15. A coitada da criança está em um péssimo lugar:

com a cara no bumbum da loira com blusa branca.

Beijos a todos =****



- Postado por: Fabi às 05:35:56 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Gente, esse daqui é um filme interativo muito legal!

É a história de um entregador que, no meio de uma cidade infestada de zumbis, precisa entregar uma pizza para a donzela em perigo. O vídeo é em inglês e mesmo para quem não sabe muito da língua, eu acho que está fácil de entender.

O objetivo é: ao final de cada vídeo, você deve escolher uma das opções.

Caso você ache importante saber ao menos o que significa as palavrinhas em inglês dentro das opções de escolha no final (para saber certinho o que você tá escolhendo), eu aconselho fazer as traduções, entrando no:

http://translate.google.com.br/?hl=pt-BR&tab=wT#

OU

http://br.babelfish.yahoo.com/

 

Divirtam-se

Beijos a todos =****



- Postado por: Fabi às 04:00:31 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Causos com a Ana C:

Por mais incrível que pareça, a Ana C é a nossa garota de OURO!

 

Sério gente...

 

Ela fala pouca besteira! Mas quando acaba soltando uma... HAHAHAHAHA... SÃO IMPRESSIONANTES!

 

Ela e a Carol, com certeza, competem para chutar o balde! É muito engraçado!

 

Contudo...

 

O que mais me diverte quando estou com a Ana C é... O poder dela de desaparecer e reaparecer do nada!

 

Eu: Cadê a Ana C? (olha ao redor: 360)

PUF!

Ela: Aqui do seu lado!

(SURGIU!!!)

 

Eu: Então, Ana C... O que você achou?

Cri cri... cri cri...

(olho para onde ela estava... olho para todos os lados...)

SUMIUUUU!!!!

 

E isso acontece TODOS OS DIAS!!!!

 

AAAAAh... Como eu me divirto com isso!!!

Hauahauahuahauahauaha

 

E as tiradas?? (pra uma pessoa calma e boazinha, essas tiradas surpreendem!)

 

Eu: Ah... acho que dá pra tentar entendê-la...

Bia: É... talvez...

Eu: Olha... Sabemos que ela tem uns problemas e...

Ela: Ela é chata!

(cortou totaaaaal!!! E ainda foi sincera com relação à garota! Demais!)

 

É... Isso é EXTREMAMENTE POUCO, comparado com todas as conversas que tivemos durante 4 anos juntas! (salvo falhas de memória...)

 

 

 

 

Beijos a todos =****



- Postado por: Fabi às 06:46:43 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Causos com a Nara:

Eu: Nara... Do que era feito o dadinho, mesmo?

Ela: Hm... acho que era... pro... pro... propano!

                           

Eu: Nara... cuidado! (ela estava “altinha”)

Ela: Isso daqui é uma flor ou um pato?

Eu: Nara? (ela some do meu campo de visão)

Ela: hahahahaha

(olho para o chão e lá está ela, rindo sozinha)

 

Ela: Moça... Moça... Moça... (ainda “altinha”, sai correndo na direção de uma garota, assustando-a)... Ô moça! Onde fica o treco de comercio?


Ela: Caaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiooooooooooooooooooooooo....

(ultrapassa o corredor inteiro da faculdade, saltitando!)

 

Eu: Nara? Que foi?

Ela: Aquele lugar parece tãooo feliz... né? (olhando para a propaganda de um hotel, impressa em um caminhão que passava por nós)

Eu: Ãnh?

Ela: Sério! Olha! Tem até golfinho!


Ela: Credo! Parece que ela tem peito no cabelo!

Eu: Quê? Peito no cabelo?

Ela: É... Peito no cabelo...

(dou risada)

Ela: Ah ta... Cabelo no peito!


Ela: Ela falava: ISSO! (empolgação na hora de falar “isso”)

Eu: falava o que?

Ela: ISSO! (repete a mesma empolgação)


Ela: Adoro quando o Globo Repórter fala sobre bichos! (empolgada para assistir)

Bia: Uhum! Eu também gosto bastante!

Eu: É... São os que eu consigo assistir inteiros!

Bia: Olha o bicho, que ninja!

Eu: Verdade! Demais, né Nara?

Bia: Nara?

(ela já estava em, seu 13º sono)

 

Ela: Fabi, posso mexer na panela?

Eu: Pode.

Ela: Posso usar um pano pra segurar a panela? Tá quente...

Eu: Pode. Só toma cuidado pra não queimar o pan...

Ela: AAAAAAAH O PANO TÁ PEGANDO FOGO!

 

Ela: Ai, Fabi... Desculpa, queimei o pano da sua mãe...

Eu: Não tem problema...

Ela: Mas prometo que não estrago mais nada, ta?

à CRACK!!!

(enquanto ela brincava com o copo, acabou quebrando ele)

 

Eu: Isso daqui ta parecendo filmagem de Bruxa de Blair!

(eu e Bia damos risada...)

Ela: Fabi! Não fala isso! (olha ao redor e sussurra) Eu tenho medo... (parecia o garotinho de Sexto Sentido)

 

É... Isso é EXTREMAMENTE POUCO, comparado com todas as conversas que tivemos durante 4 anos juntas! (salvo falhas de memória...)

 

 

Beijos a todos =****



- Postado por: Fabi às 06:29:06 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Causos com a Carol:

Bia: Carol, isso é um chupão?

Ela: Que? (esconde com o cabelo)

Eu: Ahá!

Ela: Ah gente... isso daqui não é um chupão sexy... Sabe?

 

Ela: Eu quero pegar aquele tufo gosmento e fazer assim ô

(cara assassina, enquanto esmaga algo imaginário)


Ela: (algo dito na velocidade da luz)...

Eu: Hm... repete?

Ela: (velocidade da luz novamente)...

Eu: (cara de dúvida)

Ela: Entendeu?

Eu: ãhn...?

Ela: Ah ta... (respira e diminui o ritmo e repete o que dissera na velocidade da luz) O que você fez ontem?  


Ela: Então... Quando o Emerson me irrita eu xingo ele!

Eu: e do que você o xinga?

Ela: de Fluffy!


Eu: Hm... Carol, não é melhor segurar nessa barra aqui? Ela é mais baixa...

Ela: nãoooo... tô bem aqui... (pendurada nas barras circulares mais altas dentro do vagão do metro. Os pés dela nem alcançavam o chão)


Eu: Carol?

Ela: Socorro!!!

(grudada do lado de dentro da porta do metrô, enquanto ele partia e eu ficava na estação. Cena que achei extremamente hilária!)

 

Ela: Fabi, onde fica a despensa?

Eu: Ali! Por que?

Ela: Aaaah... Comida... (gruda na porta da despensa de casa)

 

Eu: o que você ta fazendo?

Ela: tava tentando ler as entrelinhas...

Eu: entrelinhas?

Ela: é... a nota de roda pé!

 

Eu: Carol?

(sumiu do nosso campo de visão)

Bia: Carol?

Ela: Aqui...

(caída no cão... pra variar XD)

 

Ela: aaaah... acho que a loira do banheiro estava lá, enquanto eu usava o banheiro!

Eu: mas, Carol, você é a loira do banheiro!

Ela: eu tava falando da outra loira do banheiro!

 

Ela: quero pisotear aquela carequinha brilhante dele!

(outro instinto assassino, enquanto pisoteava uma careca imaginária)

 

Eu: eu escuto eles dizerem porca! O.o

Bia: E eu escuto poing...

Eu: poing?

Bia: é... tipo... hum... poing!

(risada)

Eu: E você, Carol?

Ela: Eu escuto Boi-Caneca!

 

(no meio da aula, me viro para conversar com a Carol e dou de cara com ela dormindo, com a cabeça apoiada na mão, totalmente pênsil, e de boca aberta)

Eu: Carol?

Ela: Ãnh...?

Eu: ta possuída?(tinha que zoar)

Ela: Ãnh...? Acho que não?

Eu: Você acha que não? (rindo)

Ela: Aaaaah... (finalmente despertando e percebendo o que respondera. Começa a rir descontroladamente até ficar mega vermelha)

 

Ela: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!!!!!!!!! (berra no meio da rua)

Eu: Que foi? (assustada, acreditando que ela se machucou)

Ela: Ah... achei que era uma barata... (aponta para o montinho de folhas no pé dela)

 

Ela: ELE TÁ PELADO???

(aponta para uma foto de um ator na tela. Detalhe: estávamos na sala de informática da faculdade)

Eu: Acho que não...

Ela: pena...

(vira-se como se acabado de ver uma tragédia)

 

É... Isso é EXTREMAMENTE POUCO, comparado com todas as conversas que tivemos durante 4 anos juntas! (salvo falhas de memória...)

 

 

 

Beijos a todos =****



- Postado por: Fabi às 06:05:30 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Causos com a Bia:

 

Eu: Vamos fazer um duelo de varinhas?

Ela: VAMOS!!

 

Ela: Eu quero uma toca de bichinho, mas tem um monte de gente tosca parada na frente do negócio... ¬¬

Eu: E daí? VAMOS LÁ!


Ela: E então VUSHHHH... E o negocio fez iiiich... Nossa, mas aquilo fez um BUM!

Eu: Sério Bia? REPETE?


Ela: O Roldão tá olhando para cá, pára de rir, disfarça a risada!

(e para disfarçar, nós duas "coçamos" o nariz ao mesmo tempo... XP)


Eu: BIA OLHA ESSA FOTO DO JACOB!!!

(quase destruímos as cadeiras e o computador, com a "euforia"... XD)


Eu: BIA, PÁRA DE EMPURRAR, TEM UMA VELHINHA AQUI, A GENTE VAI MATAR ELA

(ou ela vai matar a gente depois O.O)!!!!

Ela: E DAÍ???

(instinto assassino)

 

Ela: Tun tin tun tin... tra la la la… pa pa pa pa…

Eu: Desculpa, Bia! Te fiz esperar, né? Tava me chamando? Parecia toque de celular!

(hehehehe)

 

Eu: o que você ta fazendo? (pergunto, porque ouvi um barulho estranho. Tipo garotinha do chamado saindo da televisão)

Ela: tava bocejando...

 

Eu: Bia... que foi isso?

Ela: sei lá...

(eu me levanto eu vou ver...)

Ela: o que era?

Eu: um gato suicida na janela...

Ela: ah tá...

(reação normal, como se eu tivesse dito: “era nada demais”)

 

Ela: imagine aquele tufo translucido se aproximando de você...

Eu: eca!

Ela: agora imagine você fazendo carinho naquele tufinho...

Eu: QUE NOJO!

 

Eu: eu escuto eles dizerem porca! O.o

Ela: E eu escuto poing...

Eu: poing?

Ela: é... tipo... hum... poing!

 

Eu: o tilti na perninha do bebê (imitando o bebê que dança Single Ladies)

Bia: HAHAHAHAHAHAHAHAHHAAHAHAHAHAHHHAHAHA (riso descontrolado no meio da aula)

 

Eu: Olha o pé da professora!

Ela: Ai!

Eu: TÁ DANDO TILTI!

Ela: (começa a rir descontroladamente mais uma vez)

 

Eu: Ai, meu Deus! ELE TÁ PELADO???

(pergunto enquanto agarro o braço da Bia, no meio do cinema, na cena em que o Wolverine levanta do tanque, logo após terem implantado adamantium nele)

Ela: Uhum... Aquilo era só uma tirinha...

(diz como se estivesse explicando algo cientifico)

 

Ela: Onda, onda... Olha a onda!

(diz como se estivesse admirando o mar, quando, na verdade, ela se afastava lenta e discretamente de uma onda enorme que molhou a todas nós, menos ela ¬¬)

Eu: AAAAAAAAH BIIIIIIIIIAAAAAA!!!

 

Ela: e a vara do papa?

Eu: QUÊ??? A VARA do PAPA?

Ela: ah ta... era pra ser a cara...

 

É... Isso é EXTREMAMENTE POUCO, comparado com todas as conversas que tivemos durante 4 anos juntas! (salvo falhas de memória...)

 

 

 Beijos a todos =****



- Postado por: Fabi às 05:01:38 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Desculpe-me, oh excelentíssimo! ¬_¬

Não, não me refiro a nenhum político, principalmente a nenhum presidente (no momento). Apesar da criatura a qual me refiro acreditar ser um!

Já aconteceu de você colocar uma pessoa em um pedestal, acreditando esta ser um humano digno de confiança, altamente capacitado e livre de qualquer tipo de má índole?

E no fim das contas, essa pessoa não passa de um charlatão, metido que tem prazer em subjugar e ameaçar os demais que julga inferiores a ele? (aliás, ninguém chega aos pés deste extraordinário espécime de ser humano, nem mesmo os grandiosos da história, da literatura e de qualquer outra área, seja exatas, humanas ou para biológicas)

Pois, então...

Deparei-me com um!

A surpresa foi imensa, contudo, de certa forma, já esperada. Afinal, ninguém poderia ser tão perfeito assim...

E quem arrancou a mascara e o expôs por trás do véu de ilusões (sob o qual me encontrava), foi uma amiga minha (uma conhecida por você que lê o meu blog).

O garoto metido, que se diz homem entendedor, humilhou minha amiga, a qual tanto prezam pelos excelentes trabalhos realizados e pela escrita impecável de alguém versado nas letras.

A inveja de não ser o melhor cegou-o a ponto de fazer acusações ridículas a uma artesã das palavras, além de expô-la ao ridículo e de humilhá-la!

Esta vil criatura acusou-a de plágio!

BLASFÉMIA!

Nunca vi pessoa mais preocupada com o que coloca no papel, quanto a minha amiga!

E, além de tal acusação, agiu como o todo poderoso e caridoso ser, capaz de “perdoá-la” por seu ato “maldoso” e de, ainda, acrescentar um jargão asqueroso à repressão de minha colega: “e que isso lhe tenha servido de lição”. (se as palavras não foram exatamente estas, foram parecidas. Garanto-lhes! A raiva me cega para as palavras exatas).

O problema, aqui, não é ao fato de ter, por acaso, encontrado palavras ou frases de minha amiga semelhantes a de outros. Caso isso surgisse, ele (oh, todo poderoso!) poderia ter conversado com ela e lhe dado um “toque”: “olha, encontrei umas coisas parecidas com o que outras pessoas escreveram. Tem como você dar uma olhadinha? É que eu temo que digam ser plágio”. Pronto! Ninguém sai ferido...

Mas, não!

O orgulhoso e arrogante preferiu ridicularizá-la e ameaçá-la, machucando-lhe a auto-estima e amendrotando-a! Cusou-a falsamente! Colocou-a ao ridículo! E ainda se diz amigo... Como dou risada de tal afirmação!

O ignorante, que se acha dono da palavra e das verdades, sentiu seu posto de “o melhor”, ameaçado pelos textos exemplares e pelas analises de minha amiga!

Por sempre ser tão elogiado e colocado em um pedestal por todos, acabou tornando-se um fanático por poder, o qual lhe subiu a cabeça!

Não duvido da capacidade deste! Ele é um excelente profissional e aluno. Sempre o admirei em demasia! Contudo, me enganei quanto ao caráter deste homem, o qual eu amaldiçou-o agora!

Eis uma criatura que crê, segundo minha outra amiga (deixou aqui, claro que a frase não pertence a mim, pois, vai que, a tal criatura me acusa de plágio também?), ser a “reencarnação de Platão”! Senão, o próprio Platão!

E, por que não, o próprio Aristóteles, Sócrates, Homero, Confúcio, Drummond, Thomas Mann, Maquiavel, Oswald de Andrade, Mozart, Bethoven, Otavio Frias Filho, Antonio Manuel Teixeira Mendes, Chopin, Vivaldi, Machado de Assis, George Orwell, Karl Max, Max Weber, Darwin, Albert Einstein, Abraham Lincoln, Getúlio Vargas, Charles Chaplin, William Shakespeare, Dante Alighieri, Dostoiévski, William Randolph Hearst, Charles Foster Kane, Roberto Marinho, Salomão Schvartzman, Caco Barcellos, Ruy Castro, Ernest Hemingway, John Reed, Erico Verissimo, Euclides da Cunha, Frank Sinatra, Umberto Eco, Truman Capote, John Hersey, Lima Barreto, Graciliano Ramos, Juca KFouri,  Reinaldo Azevedo, Flávio Pradella, entre outros grandes nomes (que me fogem da memória)...

Enfim...

Que fique aqui, o meu mais puro pesar pela alma e mente perdidas por este caráter egocêntrico...

E, também, a minha raiva, meu asco e minha indignação por ele!

Justiça à minha amiga!

Abaixo à cretinice!

Beijos a todos =****



- Postado por: Fabi às 04:29:41 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




BBC: O Mundo diante da Ameaça Nuclear

Pouco tempo atrás, resolvi ler o livro-reportagem Hiroshima (de John Hersey) para a aula de Jornalismo Literário.

A obra é escrita em terceira pessoa, dando um ar de expectador para o autor.

Hersey narra toda a catástrofe da bomba atômica de Hiroshima a partir da perspectiva de seis sobreviventes.

O livro é impressionante e a escrita envolvente. Contudo, os dados ali contidos são assustadores.

É possível sentir a dor das vítimas, o desespero dos sobreviventes... A agonia pela perda de pessoas amadas e do lar... Ver diante dos seus olhos, tudo virar cinzas e fogo... Você consegue sentir e ver... É angustiante e, ao mesmo tempo, revoltante.

John Hersey faz um ótimo trabalho transmitindo tudo o que sentira no período em que passou ao lado dos seis sobreviventes.

Outro dia, navegando pela internet, encontrei um documentário da BBC sobre a bomba atômica, especificamente a que foi lançada em Hiroshima. Assistindo, percebi que era uma representação quase exata à obra jornalística de Hersey. Não me surpreenderia se dissesse que o documentário foi baseado no livro do escritor e jornalista norte-americano.

Portanto, para que vocês possam sentir um pouco do conteúdo do livro Hiroshima, coloquei aqui alguns trechos do documentário. Quem desejar vê-lo inteiro, basta acessar o youtube e procurar pelos demais trechos.



- Postado por: Fabi às 06:52:29 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________